Traduza este blog

domingo, 1 de novembro de 2015

Vale mais o pouco que tem o justo, do que as riquezas de muitos ímpios. Salmos 37:16


A Bíblia afirma com veemência que a casa simples com amor e paz é melhor do que uma mansão com fartura entre contendas. Mas por detrás disso vemos que um homem justo desfruta de uma vida calma e feliz com as suas necessidades supridas, mas um homem perverso tem dor e problemas mesmo com acréscimos financeiros. Salomão em diversos provérbios mostra-nos comparações ou contrastes indicando as nossas escolhas, mostrando as lições que devemos tirar ao compararmos as atitudes do justo com as do perverso. Vemos que o viver justo faz a diferença. Salomão nos ensinou que os bens espirituais como o amor, a paz e a justiça são superiores aos bens materiais como riqueza, luxo, poder. Ao homem justo podem faltar as rendas dos perversos, mas ele vive em sua casa com tanto tesouro que o homem perverso não pode nem imaginar. A consciência limpa, a presença de Deus, o amor, a paz, a quietude, o sono tranquilo e a certeza de uma vida eterna na presença de Deus não tem preço, pois já foi conquistada na Cruz. Felizes os que podem afirmar como o salmista
Quanto a mim, contemplarei a tua face na justiça; eu me satisfarei da tua semelhança quando acordar. Salmos 17:15

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!