Traduza este blog

segunda-feira, 2 de novembro de 2015

O que trabalha com mão displicente empobrece, mas a mão dos diligentes enriquece. Provérbios 10:4


Enquanto estamos na Terra é certo que todos precisamos de dinheiro, até mesmo os mais espiritualizados! Não há como sobreviver, como pagar as contas sem dinheiro, que deve ser o fruto de nosso trabalho! O rei Salomão era conhecido por ser muito rico, e escreveu vários conselhos inspirados, para os seus filhos e cidadãos, os quais devemos seguir também para nos tornarmos financeiramente sábios e prósperos sem infringirmos os princípios de Deus. Algumas das suas regras para o sucesso são bem conhecidas nas igrejas e comunidades, e deveriam também ser ensinadas nas escolas seculares. Se quisermos saber como administrar o nosso trabalho e a nossa renda, devemos conhecer as lições de Salomão. Uma delas é que antes de poupar ou investir dinheiro, precisamos ganhá-lo. Salomão destacou enfatizou a diligência como sendo a principal chave para o sucesso financeiro. Ele deixa claro que uma pessoa preguiçosa será pobre, porque esperar que a provisão venha do governo ou que caia dos céus sem o devido esforço é insensato. Por isso, o sábio ensina que pelas obras de um homem diligente as riquezas virão. Não é preciso ser um economista para perceber que um homem que trabalha muito,  economiza parte de tudo o que ganha e controla os seus gastos terá um patrimônio. Mas um tolo que não consegue resistir ao impulso de gastar o que ganha em coisas que ele não precisa nunca terá um patrimônio ou qualquer coisa boa na vida. Mas há uma lição extremamente importante: o trabalho honesto engrandece o homem e de nada adianta prosperar de forma ilícita. Se o ímpio prospera e o justo demora a ver o fruto de seu trabalho, isso não deve ser motivo para sairmos dos princípios do Senhor, pois
O Senhor não deixa o justo passar fome, mas rechaça a aspiração dos perversos. Provérbios 10:3

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!