Traduza este blog

segunda-feira, 17 de agosto de 2015

Pois tu, Senhor, abençoarás ao justo; circundá-lo-ás da tua benevolência como de um escudo. Salmos 5:12


O salmista tem a plena convicção de que os justos gozam da atenção constante do Senhor, que ouve o seu clamor a qualquer tempo, em uma comunicação livre e direta, por isso reforça nos Salmos 34:15 “Os olhos do Senhor estão sobre os justos; e os seus ouvidos, atentos ao seu clamor”. Davi reconhece que Deus garante ao justo a Sua benevolência, cercando-o por todos os lados de bênçãos, por isso afirmou: “Fui moço e agora sou velho; mas nunca vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão”. (Salmos 37:25). E por isso ensina: “Lança o teu cuidado sobre o SENHOR, e ele te susterá; nunca permitirá que o justo seja abalado” (Salmos 55:22). Em vários outros versículos vemos que o salmista faz menção às benevolências do Senhor em favor dos justos. E essa mensagem também nos é passada por seu filho Salomão que vivenciou assim como pai a ação de Deus em favor daqueles que seguem o caminho da justiça. Por isso afirma o sábio com toda certeza


Torre forte é o nome do SENHOR; para ela correrá o justo e estará em alto retiro (Provérbios:18:10).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!