Traduza este blog

sexta-feira, 3 de julho de 2015

“Se, pois, estais mortos com Cristo quanto aos rudimentos do mundo, por que vos carregam ainda de ordenanças, como se vivêsseis no mundo, tais como: Não toques, não proves, não manuseies? As quais coisas todas perecem pelo uso, segundo os preceitos e doutrinas dos homens; As quais têm, na verdade, alguma aparência de sabedoria, em devoção voluntária, humildade, e em disciplina do corpo, mas não são de valor algum senão para a satisfação da carne.” (Colossenses 2:20-23).


Paulo nos alerta que devemos tomar muito cuidado com o que estamos praticando, refletindo sempre se é a Palavra de Deus ou se é somente uma religião, pois muitos estão apenas cumprindo mecanicamente os rituais religiosos. Nem todos os que se dizem cristãos vivem a Doutrina de Cristo, mas são muitos os que apenas vivem a doutrina de denominação, de homens. Precisamos nos indagar sempre se o que fazemos, falamos, até mesmo a maneira como estamos orando, estão de acordo com os ensinamentos do Senhor. Mais que isso, é necessário vigiar para que não nos deixemos levar pelos costumes e tampouco a atribuir a Deus o que Dele não vem. Precisamos tomar cuidado com as doutrinas estranhas. Não podemos nos esquecer de que Jesus derrotou a morte, aniquilou o diabo, e nos libertou, dando-nos a opção de escolha de vida ou morte. Por isso, devemos viver Nele, procurando viver como Ele viveu. Mas é preciso também nos precavermos contra as mentiras inúmeras que se apregoam por aí: nem tudo que foge à Palavra vem do diabo, nem tudo é do mal, símbolo de satanás.
“Portanto, ninguém vos julgue pelo comer, ou pelo beber, ou por causa dos dias de festa, ou da lua nova, ou dos sábados, Que são sombras das coisas futuras, mas o corpo é de Cristo.” (Colossenses 2:16-17). 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!