Traduza este blog

sábado, 6 de junho de 2015

Bem-aventurados os que guardam o juízo, o que pratica justiça em todos os tempos. Salmos 106:3


O salmista retrata no Salmo 106 o tratamento misericordioso de Deus a um povo que repetidas vezes se rebelou contra Ele, mesmo quando estava recebendo suas bençãos. Assim como hoje vemos Deus protegendo o povo com quem fez um pacto de uma forma muito especial apesar de o povo não mostrar a mesma fidelidade à aliança com Deus. Os israelitas voltavam ao pecado, sofriam opressão, clamava ao Senhor, recebiam ajuda divina, e mesmo conhecendo o livramento do Senhor caíam novamente no pecado e não tiveram fé suficiente para tomar posse da terra prometida. Contudo,  a misericórdia divina fez com que o Senhor lhes ouvisse as orações e permanecesse fiel às promessas que fez. Precisamos cuidar para não continuarmos a cometer os mesmos erros dos israelitas, mantendo viva a chama da fé, pois sem fé é impossível vencer as dificuldades cotidianas sem murmurar. Os israelitas foram moldados pelo Senhor no deserto e hoje Ele quer fazer o mesmo com aqueles que passam por um vale árido. Que possamos nos regozijar recebendo a promessa de Deus
para que louvemos o teu nome santo, e nos gloriemos no teu louvor. Salmos 106:47

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!