Traduza este blog

quinta-feira, 23 de abril de 2015

“Daniel, pois, quando soube que o edito estava assinado, entrou em sua casa (ora havia no seu quarto janelas abertas do lado de Jerusalém), e três vezes no dia se punha de joelhos, e orava, e dava graças diante do seu Deus, como também antes costumava fazer”. (Daniel 6:10).


Há pessoas que só buscam a Deus em momentos de crise, no entanto, o melhor caminho é buscar ao Senhor em todos os momentos, sejam eles de júbilo ou de tristeza. Nossa  vida de oração e nossa comunhão com Deus é que vai definir nossa firmeza diante dos impasses e reveses da vida. Tal qual o bambu chinês, para permanecer de pé, o cristão deve estar firmado. Será flexível, porque é forte no interior e não importa a intensidade dos ventos, ele se curva, mas não se quebra. O vento passa, as tempestades vão, mas ele continua firme. Vai com ousadia em direção aos ares sem temer o vento, porque está firme Naquele que tudo pode. Aqueles que se firma em Deus, mesmo diante de fortes tempestades não se abala. Mas pessoas volúveis, inconstantes não precisam esperar algo de Deus, pois são como as ondas do mar, que não se fundamentam. Aqueles que vivem de emoção  e não se fundamentam na palavra de Deus, não têm raízes, são inconstantes e sem compromisso também não conseguem viver plenamente as promessas do Senhor, pois não esperam que a benção seja entregue, pela inconstância  e falta de compromisso. Mas, assim como mostra Daniel, o cristão verdadeiro deve andar pela fé, não movido pela aparência ou emoção. É preciso lembrar o que nos diz Paulo em Romanos 8:37
 “Mas em todas estas coisas somos mais do que vencedores, por aquele que nos amou. “somos mais do que vencedores”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!