Traduza este blog

sábado, 4 de abril de 2015

Bendito seja o Deus e Pai de nosso Senhor Jesus Cristo que, segundo a sua grande misericórdia, nos gerou de novo para uma viva esperança, pela ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos, 1 Pedro 1:3


A grande notícia da Páscoa não é a festa do chocolate, mas saber que a morte de Cristo na Cruz gerou vidas e não só quebrou o domínio da Lei, como também destruiu o velho homem. Pela misericórdia do Pai, o sacrifício do Filho trouxe vida e nos livrou da morte eterna. Porque o Senhor veio "Para remir os que estavam debaixo da lei, a fim de recebermos a adoção de filhos." (Gálata 4:5). Mas se Cristo crucificou a carne com suas paixões e concupiscências, nossa festa deve ser no coração reconhecido sabendo que Deus, por sua graça incluiu todos os homens em Cristo, na cruz, para a morte – "Porque o amor de Cristo nos constrange, julgando nós assim: que, se um morreu por todos, logo todos morreram." (2 Coríntios 5:14), e nos regenerou para uma viva esperança mediante a ressurreição de Jesus Cristo dentre os mortos. Precisamos entender que a nossa morte em Cristo crucificado, não se refere à morte do corpo físico, mas de nossos impulsos pecaminosos. Então aqueles que estão identificados com Cristo na sua morte e ressurreição estão libertos da prática do pecado, é nesse sentido que devemos celebrar a páscoa, pois

"os que são de Cristo crucificaram a carne com as suas paixões e concupiscências.” (Gálatas 5:24)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!