Traduza este blog

quinta-feira, 12 de fevereiro de 2015

Mas ide antes às ovelhas perdidas da casa de Israel; Mateus 10: 5


Jesus exorta aos discípulos a buscar as ovelhas perdidas de Israel. Contudo, os da casa de Israel não o quiseram, e se eles rejeitaram nós queremos. Nesse mesmo texto, Jesus ensina, como era costume da época, a bater a poeira  dos pés, acaso não aceitarem a palavra ou rejeitarem os enviados. Várias pessoas seguiam Jesus e compreendiam a suas mensagens, mas Ele falava por parábolas para que a profecia de Isaias 6: 9-10 se cumprisse: “Então disse ele: Vai, e dize a este povo: Ouvis, de fato, e não entendeis, e vedes, em verdade, mas não percebeis. Engorda o coração deste povo, e faze-lhe pesados os ouvidos, e fecha-lhe os olhos; para que ele não veja com os seus olhos, e não ouça com os seus ouvidos, nem entenda com o seu coração, nem se converta e seja sarado”. Assim como ocorre nos dias de hoje, aqueles homens ouviam, mas não compreendiam, não guardavam no coração. Nem sempre entendemos o que ouvimos, e não guardamos a palavra no coração, continuando a viver do mesmo modo, ignorando o que foi dito, segundo a palavra. Quando Jesus nos diz para pregarmos o evangelho aos perdidos, Ele deixa claro que os sinais vão acontecer quando o Espírito tocar o coração. Por isso é necessário ler a palavra com a orientação do Espírito, pois é Ele que nos convence do pecado e do juízo. A palavra de Deus não pode ser lida como literatura, poesia, romance. Podemos ter cultura, isso é desejável, mas de nada adianta se não tivermos orientação espiritual, porque a palavra de Deus vem em primeiro lugar. Conhecer a palavra é essencial para vivermos e praticá-la, e se somos capazes de entender as parábolas de Jesus, significa que recebemos esse entendimento por meio do Espírito e isso é só para aqueles que têm comunhão com o Senhor. Quando entendemos e temos comunhão, os milagres começam a acontecer e nossos ouvidos estão prontos para ouvir e acontece o que diz Jesus em Mateus 13:23,

Mas, o que foi semeado em boa terra é o que ouve e compreende a palavra; e dá fruto, e um produz cem, outro sessenta, e outro trinta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!