Traduza este blog

quarta-feira, 7 de janeiro de 2015

Ora, a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam, e a prova das coisas que se não veem. Hebreus 11:1



Essa é a definição sobre o que é fé, segundo o autor da Carta aos Hebreus. Mas ter fé apenas não basta, precisamos saber claramente qual é o objeto ou a motivação de nossa fé. Há pessoas que têm sua fé baseada em entidades ou pessoas que nada têm a ver com o Senhor Jesus. Muitas vezes as pessoas se deixam influenciar por superstição ou por filosofias que determinam a sua maneira de ver e esperar a realização de seus objetivos. Há quem acredite que carregar um trevo de quatro folhas ou um pé-de-coelho vai lhe garantir algum sucesso. Há os que pensam que tomar sopa de lentilha no final do ano, pular sete ondas ou vestir determinada cor vai lhe proporcionar êxito em seus objetivos. Há quem aposte em jogos e por isso fazem uma fezinha indicando alguns números que acreditam mudar o seu destino. Isso também é ter fé. Mas o que faz a diferença é o objeto da fé. Deus não quer que façamos imagens para cultuarmos e depositarmos a nossa fé nelas. A nossa fé deve ser baseada em Cristo, na Sua ação para redimir a humanidade.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!