Traduza este blog

sexta-feira, 9 de janeiro de 2015

Em todo o tempo ama o amigo e na angústia nasce o irmão. (Provérbios 17:17)



Salomão fala sobre algo que todos nós sabemos ser importantes, mas somente nos momentos de adversidade podemos perceber profundamente. É quando vemos que os amigos são os anjos usados por Deus para abençoar nossas vidas, para nos apoiar nos momentos difíceis. São eles que muitas vezes estão ao nosso lado quando passamos por lutas. Muitas vezes o amigo é mais chegado do que um irmão, diz o sábio, lembrando-nos de que essa afinidade é um laço da alma e nos fortalece porque Deus abençoa. A Bíblia relata vários exemplos de pessoas e situações nas quais a amizade está em evidência. Davi honrou tremendamente a amizade que tinha com Jonatas e estendeu à sua descendência. Jesus valorizou sobremaneira essa forma de relacionamento e nos momentos de angústia também contou com um ombro amigo. Muitas vezes precisamos de alguém que nos ouça, que nos conforte, que nós dê um conselho amigo, ou até mesmo um “puxão de orelhas”. Nessas horas os verdadeiros amigos são o nosso porto seguro. Ninguém é pobre quando tem amigos, por isso a sabedoria popular nos ensina a contar os nossos anos não pelos janeiros vividos, mas pelo número de amigos que conquistamos. Mas é fundamental nos lembrarmos de que Jesus deve ser o nosso maior amigo, cientes de que Ele não força amizade, não banaliza essa relação. Ele quer fazer parte de nossa vida em todos os momentos, de alegria e de tristeza, de luta e de regozijo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!