Traduza este blog

quarta-feira, 8 de outubro de 2014

“Porque Deus amou ao mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigênito [Jesus], para que todo o que nele crê não pereça, mas tenha a vida eterna.” (João 3: 16).


Com essa declaração de Jesus, registrada pelo apóstolo João, vemos que a salvação é recebida pela fé e aquele que crê no Filho de Deus, Jesus Cristo, tem a vida eterna,  conforme ensina  Paulo  em carta aos Efésios 2:8-9: “Porque pela graça sois salvos, mediante a fé; e isto não vem de vós; é dom de Deus; não de obras, para que ninguém se glorie.”  Recebemos a salvação quando reconhecemos que somos pecadores e que Jesus Cristo, em nosso lugar, levou nossos pecados na Cruz e, pelo Seu sangue, derramado em nosso lugar, somos salvos. Assim, precisamos entender que a salvação é uma ação de Deus em nossa vida e é recebida pela fé. Se dependêssemos de fazer o bem para obtermos a salvação Paulo não teria dito que as obras não fazem parte do processo da salvação para que “ninguém se glorie”. Isso significa dizer que as boas obras devem fazer parte da vida do salvo, mas não são o agente da salvação e de igual modo o cumprimento da Lei também não garante a salvação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!