Traduza este blog

quarta-feira, 1 de outubro de 2014

A tua malícia te castigará, e as tuas apostasias te repreenderão; sabe, pois, e vê, que mal e quão amargo é deixares ao SENHOR teu Deus, e não teres em ti o meu temor, diz o Senhor DEUS dos Exércitos. (Jeremias 2:19)




O profeta Jeremias faz um alerta que, nesses tempos de muita informação, parece passar despercebido por aqueles que julgam ser os únicos donos de suas escolhas e que não devem satisfações ao Criador. A forma como o homem tem agido em todas as áreas de sua vida faz com que ele colha as consequências de seus atos. Sua liberdade para agir, sem considerar as orientações de Deus tem sido danosa e a falta de temor de Deus não passam incólume. Quando o homem pensa apenas em seu bem estar, em satisfazer seus prazeres, sem levar em conta o próximo, a natureza, a sociedade em que convive, inevitavelmente chama sobre si as consequências de sua ação egoísta. A ordem de Jesus é amar ao próximo como a si a mesmo e isso pressupõe pensar em todos a nossa volta, se queremos viver bem. Quando deixamos a Deus e não damos importância ao que Ele determina, quando imaginamos que nossas ações são inocentes vemos na sequência que nossa vida perde o sentido. A riqueza, o poder e toda bajulação mundana não são suficientes para satisfazer. Bom é estar debaixo da proteção de Deus!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!