Traduza este blog

sábado, 29 de março de 2014

Agora, completem a obra, para que a forte disposição de realizá-la seja igualada pelo zelo em concluí-la, de acordo com os bens que vocês possuem. (2 Coríntios 8:11)



A exortação de Paulo é para que façamos a obra de Deus, completando com zelo e determinação o que foi iniciado por Jesus. Mas muitos têm um conceito errado sobre o que é fazer a obra de Deus. Não é fazer parte do coro da Igreja, assumir o papel do pregador, ocupar uma função na liderança. Tudo isso faz parte, mas não se resume nisso. Tocar, ministrar, dar aula, administrar a igreja, são tarefas necessárias, mas a obra de Deus não tem a ver com os aspectos físicos ou materiais, pois ela se dá no plano espiritual. Fazer a obra de Deus é levar a salvação de forma concreta, sendo instrumentos de Deus nesse propósito. É ser a parte visível e um Deus invisível, mas concreto e presente. Amar, perdoar, cuidar, ajudar, agir como Cristo agiria se estivesse materialmente entre nós. É fazer como Jesus fez, ou faria nas circunstâncias mais corriqueiras. É ser o portador da salvação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!