Traduza este blog

quinta-feira, 30 de janeiro de 2014

Os aflitos e necessitados buscam águas, e não há, e a sua língua se seca de sede; eu o SENHOR os ouvirei, eu, o Deus de Israel não os desampararei. Abrirei rios em lugares altos, e fontes no meio dos vales; tornarei o deserto em lagos de águas, e a terra seca em mananciais de água. Plantarei no deserto o cedro, a acácia, e a murta, e a oliveira; porei no ermo juntamente a faia, o pinheiro e o álamo. Para que todos vejam, e saibam, e considerem, e juntamente entendam que a mão do SENHOR fez isto, e o Santo de Israel o criou. Isaias 41: 17-20


Essa palavra é alento para aqueles que esperam no Senhor. Deus jamais desampara os que Nele confiam, ainda que tudo pareça adverso. No deserto, Deus se revela e mostra a Sua face quando buscamos a sintonia com Ele e nos propomos a estabelecer esse contato. Quando estabelecemos essa relação estável, temos a  certeza por saber que Cristo é a nossa fortaleza, e de que toda a nossa esperança está firmada Nele. É gratificante saber que Deus cuida de cada um de nós em todas as situações e assim como afirma o profeta, nosso coração se rejubila. O Senhor está com a Sua mão estendida para conceder aquilo de que precisamos. O profeta nos traz o conforto de saber que não estamos sós. Deus cuida de nós e mesmo em meio às adversidades que nos assolam é Ele quem nos envia a Sua sombra para que possamos nela descansar. Ele é o bálsamo que cura todas as nossas dores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!