Traduza este blog

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013

“Não cesses de falar deste Livro da Lei; antes, medita nele dia e noite, para que tenhas cuidado de fazer segundo tudo quanto nele está escrito; então, farás prosperar o teu caminho e serás bem-sucedido.” Josué 1:8


Esse é um dos versículos-chave do livro de Josué é 1:8: , e que deve ser aplicado nos nossos dias com total dedicação por aqueles que entendem a exortação de Jesus em Marcos 16:15-16 “E disse-lhes: Ide por todo o mundo, pregai o evangelho a toda criatura. Quem crer e for batizado será salvo; mas quem não crer será condenado”. O Antigo Testamento está repleto de histórias de como as pessoas “esqueceram” de Deus e de Sua Palavra e sofreram terríveis consequências. Nos dias atuais, ainda que a sociedade pregue o contrário, quem se descuida da Palavra de Deus também tem colhido o resultado de sua negligência. Para o Cristão que leva a sério o princípio do versículo em epígrafe  as consequências são visíveis, pois Deus não se esquece de quem Dele se lembra. Mas precisamos entender que o sentido de prosperidade não é o mesmo dado pelo mundo. Ser próspero para Deus é viver a plenitude do Evangelho, caminhando conforme a Sua Palavra. Nada tem a ver com riquezas e benefícios financeiros. Mas é certo que Deus não deixa nada faltar o necessário àquele que busca Seu Reino em primeiro lugar. Quem serve a Deus não espera ser servido por Ele, mas reconhece-O em todo o tempo e lugar. Por isso é  preciso lembrar sempre das palavras de Jesus em Mateus 6:24: "Ninguém pode servir a dois senhores; pois odiará a um e amará o outro, ou se dedicará a um e desprezará o outro. Vocês não podem servir a Deus e ao Dinheiro." Quem serve a Deus colherá as promessas feitas a Josué e está sempre atento ao que Paulo advertiu a Timóteo: "Contendas de homens corruptos de entendimento, e privados da verdade, cuidando que a piedade seja causa de ganho; aparta-te dos tais. Mas os que querem ser ricos caem em tentação, e em laço, e em muitas concupiscências loucas e nocivas, que submergem os homens na perdição e ruína. Porque o amor ao dinheiro é a raiz de toda a espécie de males; e nessa cobiça alguns se desviaram da fé, e se traspassaram a si mesmos com muitas dores. Mas tu, ó homem de Deus, foge destas coisas, e segue a justiça, a piedade, a fé, o amor, a paciência, a mansidão." (1 Timóteo 6:5; 9-11).  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!