Traduza este blog

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Apanhai-nos as raposas, as raposinhas, que fazem mal às vinhas; pois as nossas vinhas estão em flor. (Cantares 2:15).




O autor de Cantares usou essa metáfora para demonstrar como certas atitudes destroem a vida de quem as alimentam, assim como as raposinhas destroem as vinhas em flor. A inveja, a murmuração, a fofoca, o orgulho, a mentira, a ira, a concupiscência, a ociosidade, a indiferença, a amizade com o mundo, a falta de perdão e a incredulidade são raposinhas famintas que destroem as flores. A Bíblia nos ensina a sermos vigilantes e prudentes, para que a semente, que é a Palavra de Deus, frutifique em nosso coração. Se verdadeiramente formos enxertados na videira, se permanecermos em Cristo, nenhuma dessas atitudes que se tornam raposinhas terá espaço em nossas vidas. Se todas as brechas estiverem fechadas, se  não permitirmos que as raposinhas, sutilmente, invadam nosso coração, se estivermos em comunhão com Deus e cheios da unção do Espírito Santo, com toda certeza colheremos frutos de justiça e de paz em todas as áreas de nossas vidas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!