Traduza este blog

sábado, 17 de novembro de 2012


O SENHOR abre os olhos aos cegos; o SENHOR levanta os abatidos; o SENHOR ama os justos; Salmos 146:8

Observe que neste versículo o salmista enumera três ações atribuídas ao Senhor. O emprego do ponto e vírgula pode significar que entre elas não há uma relação de dependência, pois a princípio não são hierarquicamente ligadas. Mas podemos verificar, quando lemos todo o salmo, nos seus dez versículos que ele revela a fidelidade de Deus e a nossa fragilidade. Quando percebemos que somos totalmente dependentes do Senhor e sem Ele não há esperança, nossas atitudes  devem mudar, por isso devemos considerar o que o salmista diz na terceira parte e podemos estabelecer uma relação dessa com as demais. Muitos são os benefícios na vida de quem serve e teme ao Senhor. É Ele quem faz justiça aos oprimidos, quem dá pão espiritual e físico aos que têm fome e liberta os encarcerados na alma e no espírito. Antes de Cristo entrar em nossas vidas  sofríamos do mal da cegueira espiritual. Não tínhamos condição de enxergar as pessoas como são de fato. Muitas vezes o ódio, o preconceito, bem como as feridas da alma que fizeram acumular amargura, rancor e ressentimentos no coração, cegaram nossos olhos e anuviaram a nossa compreensão nos aprisionando em um quarto escuro, sem a luz de Deus. O pecado escurece nossa vista e não permite que vejamos as coisas como elas verdadeiramente são. Há pessoas que necessitam que seus olhos sejam abertos porque não estão conseguindo ver seus cônjuges, seus filhos e seus pais como bênçãos divinas. Cegados pelo egoísmo só pensam em si mesmas, sem se importar com aqueles que o amam e não enxergam que essas pessoas estão sofrendo por causa da sua cegueira. Há os que não valorizam seus empregos e seus amigos. Que tratam com negligencia ou indiferença aqueles que lhe ajudaram nas horas difíceis. E  há um grande grupo que não consegue  veem Deus em seus caminhos. Não conseguem enxergar o amor do Senhor que se manifesta nas mínimas coisas do dia-a-dia, até mesmo um não recebido. Deus usa o mal que nos fazem, transformando-o em  bem. Tira de nós ou não permite que tenhamos algo muito desejado se aquilo não é o melhor para nós. Mas nem sempre conseguimos entender isso, na nossa cegueira espiritual. Por isso, precisamos orar ao  Senhor para que abra nossos olhos para que possamos ver claramente todas as coisas, assim como Deus as vê.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!