Traduza este blog

quarta-feira, 11 de julho de 2012


“As minhas lágrimas servem-me de mantimento de dia e de noite, enquanto me dizem constantemente: Onde está o teu Deus?” (Salmos 42:3).

Se você tem chorado, porque sua dor tem chegado ao máximo do que pode suportar, saiba que Jesus jamais afasta o olhar de um coração que chora. Veja o que diz o salmista: "...a um coração quebrantado...não desprezarás o Deus” (Salmos 51:17). “Assim diz o SENHOR: Reprime a tua voz de choro, e as lágrimas de teus olhos; porque há galardão para o teu trabalho, diz o SENHOR, pois eles voltarão da terra do inimigo”. (Jeremias 31:16)
Se você está ferido, então chore até que as lágrimas parem de correr, se essas lágrimas se originem da dor e não da incredulidade ou da autocomiseração. Jesus chorou. Pedro chorou. Homens amados pelo Senhor choraram. Também o salmista desabafou “Já estou cansado do meu gemido, toda a noite faço nadar a minha cama; molho o meu leito com as minhas lágrimas” (Salmos 6:6). Ele clama a Deus “Ouve, SENHOR, a minha oração, e inclina os teus ouvidos ao meu clamor; não te cales perante as minhas lágrimas, porque sou um estrangeiro contigo e peregrino, como todos os meus pais”. (Salmos 39:12). Mas o nosso Deus, que não mente, nem nos abandona, assegura aos Seus filhos que “Os que semeiam em lágrimas segarão com alegria”. (Salmos 126:5). Chore, se preciso, mas lembre-se de que “...Deus limpará de seus olhos toda a lágrima”. (Apocalipse 7:17).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!