Traduza este blog

domingo, 17 de junho de 2012


Salva-nos, agora, te pedimos, ó SENHOR; ó SENHOR, te pedimos, prospera-nos. (Salmos 118:25)

Deus quer que Seu povo seja próspero. Ao longo da história humana, Ele tem usado pessoas prósperas para abençoar seu povo: Abraão, Isaque, José (do Egito), Davi, Salomão. Ele muda a sorte das pessoas para que também possam abençoar outras vidas. Prosperidade, no sentido bíblico, é a medida das bênçãos de Deus, segundo a Sua vontade. Não se trata apenas de “ser rico” ou ter “ótima saúde”, mas também de possuir sabedoria, dons, um cônjuge honrado e fiel, filhos obedientes e fiéis a Deus, honras, paz, segurança, dentre outras coisas que a vida secular valoriza. Mas muitos se perguntam, como ser próspero, num mundo em crise? O primeiro passo é ser obediente: de Gênesis a Apocalipse vemos textos que tratam disso e corroboram a ideia de que a obediência à vontade de Deus leva o homem a gozar paz, harmonia, segurança, e usufruir dos benefícios que Ele tem reservado àqueles que O amam. As promessas feitas aos dizimistas são créditos de bênçãos pela obediência (Malaquias 3:10-11).contudo, muitos têm gastado seus recursos com coisas que não agradam ao Senhor e têm se corrompido com dinheiro que não é ganho de forma honesta. Peça sabedoria a Deus para saber usar e distribuir a sua renda. É propósito de Deus que haja diligência com o que recebermos: o que pouco recebe, pouco será cobrado, o que muito recebe, muito será exigido (Lucas 12:48).











Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!