Traduza este blog

sábado, 26 de maio de 2012


Não morrerei, mas viverei; e contarei as obras do SENHOR.  (Salmos 118:17)

O salmista faz uma importante declaração de vitória, na qual devemos nos espelhar para seguirmos em frente, apesar das lutas momentâneas que estivermos enfrentando. Pelo que a Bíblia narra sobre Davi, podemos deduzir que, ao fazer esse salmo, ele possivelmente enfrentava problemas pessoais, familiares ou até mesmo ligados ao seu reinado. Não podemos nos esquecer de que Davi teve um sogro e seu antecessor no trono que, a despeito de sua lealdade, foi seu grande perseguidor, por conta de uma inveja incontrolável. Teve uma esposa idólatra, filha desse rei invejoso que agia nas suas costas contrariando os princípios que fizeram dele um homem segundo o coração de Deus. Não há como ignorar que, mesmo sendo um grande e renomado guerreiro, Davi falhou nas suas estratégias de educar seus filhos e por isso enfrentou as suas maiores derrotas em sua própria casa. Lembremos também que Davi foi vitima de suas próprias inclinações pessoais. Sua vida pessoal e sentimental foi determinante no rumo de sua história como rei. Mas não podemos deixar de refletir sobre como ele conduziu sua vida, após reconhecer seus erros. Vemos que ele inicia esse salmo louvando e reconhecendo a benignidade de Deus. Mesmo enfrentando lutas internas e externas, pessoais e no seu reinado, Davi não deixava de lado sua confiança no Senhor e não deixava de louva-Lo. É importante observarmos, para nos espelharmos nessas atitudes, que esse rei frágil e imperfeito, capaz de cometer os mesmos erros que nós, não se deixou sucumbir pela vaidade de seu status, pela riqueza ou pela influência dos interesseiros, corruptos ou corruptores que lhe cercavam. Davi não deixou de colocar os princípios de Deus acima de seus interesses e mesmo falhando nesse propósito, não se arvorou na obstinação de prosseguir no erro, mas reconheceu o erro e mudou de atitude diante Daquele que sempre foi o seu escudo e fortaleza. É por isso que afirma com toda segurança que teme o homem, pois sabe que o Senhor está com Ele. Ele reconhece que é melhor confiar em Deus do que nos homens. E você, tem esse entendimentos?





Bibliografia: http://www.icmv.org.br/BibliaOnline.aspx















Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!