Traduza este blog

quarta-feira, 12 de outubro de 2011



“Nesse tempo veio josué, e exterminou os enaquins da região montanhosa de hebrom, de Debir, de Anabe, de toda região montanhosa de Judá, e de toda região montanhosa de Israel. Josué destrui-os totalmente, com as suas cidades”. (Josué 11:21)


Amado(a), jamais podemos duvidar da fidelidade do Senhor em cumprir as suas promessas. Além das promessas gerais, proferidas ao Seu povo, cada um de nós temos promessas específicas, relacionadas ao nosso trabalho, vida sentimental á nossa família, à vida financeira, a alvos que temos em diversas áreas...
Deus nos dá palavras específicas, em um culto, no grupo familiar, em oração, nos momentos de comunhão. E quando recebemos uma palavra do Senhor, somos fortalecidos e renovados, porque sabemos que são as palavras que vem diretamente do Espírito de Deus para o nosso coração.
Entretanto, muitas vezes, a nossa mente, que é imediatista se frustra quando não vemos o cumprimento em seguida. E muitos chegam a duvidar, ou a atropelar o cumprimento dessas promessas, porque não sabem esperar. Se pediram um(a) companheiro(a) ao Senhor, logo se apegam à primeira pessoa que lhes aparecem, sem consultar a Deus antes de tomar aquilo como sendo um propósito de Deus. Se a bênção esperada era a segurança no emprego e as circunstâncias parecem dizer o contrário, muitos agem intempestivamente e se precipitam em mudar antes que o Senhor sinalize.
As atitudes de Calebe são exemplo para nós, para aprendermos a esperar com perseverança as promessas do Senhor. Calebe foi um dos doze príncipes que foram espiar a terra de Canaã e, juntamente com Josué, contrariou o relatório pessimista dos outros dez. e foi justamente pela incredulidade de Israel que a conquistada terra prometida foi adiada por mais de quarenta anos.
Amado(a), ainda que as promessas tardem a se cumprir em sua vida, é preciso perseverar e esperar com paciência porque Deus não deixará de fazer o que prometeu em sua vida. Mas você é a única pessoa que pode atrasar a ação de Deus. Para Deus, promessa é compromisso. E Ele não é como os homens que se precipitam em se comprometer com algo que tão logo deixaram. Deus não ilude as pessoas. O que Ele promete, certamente vai cumprir em sua vida. Mas para receber a promessa é necessário ter coragem e enfrentar o inimigo que não é tão grande como parece. Se temos grandes promessas, também precisamos ter coragem para conquistá-las. Enfrentar gigantes não é fácil, e enfrentá-los nas montanhas é mais difícil ainda. Mas não podemos nos intimidar com os desafios que o Senhor coloca à nossa frente. Calebe não olhou, nem para as montanhas, nem para os gigantes, ele olhou para a promessa do Senhor.
Ainda que a promessa demore mais do que o previsto. Deus quer que a nossa coragem a vontade de Deus, permanecendo firme diante da adversidade e diante do tempo. Mas é preciso também reivindicar a promessa. Calebe disse: “Agora, dá-me este monte”. Amado(a), que promessa você tem? Reivindique-a, Jesus disse “pedi e dar-se-vos-á” . Se, como Calebe , você tem convicção do que quer , insista. Mas saiba que isso também lhe trará lutas, para que não desista no primeiro impasse. Calebe reivindicou o monte Hebron, mas sabia da luta que teria de enfrentar. Em geral, as pessoas querem a promessa, mas não querem nenhuma dificuldade. Ao primeiro sinal de dificuldade jogam a toalha e começam tudo de novo. Mas se você perseverar, creia que o que é seu, já está deferido e, quando Deus cumpre a sua promessa, vem paz sobre a terra, vem paz sobre a sua vida.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!