Traduza este blog

domingo, 10 de julho de 2011


Entrega o teu caminho ao Senhor; confia nele, e ele tudo fará (Sl 37:5)



Amado(a), confiar! Eis a palavra chave para o sucesso de toda empreitada. Quando entramos em uma atividade sem confiança, a chance de ela não ser bem sucedida é infinitamente maior do que quando acreditamos. Acreditar nos impulsiona ao sucesso. Imagine então, quando colocamos nossa confiança naquele que sabe de todas as coisas e nos conhece profundamente. Mas é incrível como há quem insista em ser cético, ou aqueles que preferem confiar em si mesmos e nas propostas de pessoas que não testemunham sucesso em sua vida profissional, pessoal ou espiritual. Os que preferem confiar em seu coração e intuição e deixam de lado a confiança em Deus, e perdem a oportunidade de pautar suas ações nos conselhos daqueles que dão testemunhos de vida calcados na força da palavra de Deus. É comum observarmos que quem assim age não consegue levar a cabo os seus sonhos. Podem até fazer planos maravilhosos e, inicialmente, se sentirem impulsionados pelas promessas de sucesso. O problema está no fato de que essas pessoas não conhecem o abençoador. Querem apenas se apropriar das bênçãos, e não agem com sabedoria. Se são aconselhados a fazer algo diferente do que imaginam, julgam estar aptos a decidir por si e ignoram os conselhos. Se são instados a obedecer e simplesmente esperar com fé, julgam que não têm tempo e preferem agir com sua conta e risco. O resultado é fácil de ser constatado: em pouco tempo a frustração e o desânimo toma conta e essas pessoas voltam ao lugar do começo. Quem confia no Senhor dá a volta por cima, faz a verdadeira conversão de 180 graus. Aquela que nos tira de nós mesmos e nos leva a contemplar a dimensão de Deus. Mas quem confia em si, ou nos homens, faz a conversão de 360 graus, aparentemente, um ângulo maior, mas é a conversão que não nos leva a lugar algum. Ela apenas nos faz girar de volta aonde saímos. É a conversão do homem insensato que o leva de si para si mesmo, que o faz com ele volte a cometer os mesmos erros e a não progredir, ou avançar nos seus planos e sonhos. É a conversão dos solitários, daqueles que não conseguem viver os sonhos de Deus em sua vida.
Amado(a), faça um balanço e verifique de onde saiu e onde está neste momento. Você se converteu a si mesmo e ao mundo, ou a Deus?
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!