Traduza este blog

terça-feira, 10 de agosto de 2010




“Todo aquele, pois, que escuta estas minhas palavras, e as pratica, assemelha-lo-ei ao homem prudente, que edificou a sua casa sobre a rocha; E desceu a chuva, e correram rios, e assopraram ventos, e combateram aquela casa, e não caiu, porque estava edificada sobre a rocha”.(Mateus 7:24-25)



Amado(a), chamamos de integridade ao conjunto de características morais, éticas, emocionais, espirituais e sociais, que determinam e definem a qualidade do caráter de uma pessoa. Integridade, portanto, é fundamental para quem deseja edificar, seja na esfera pública ou privada. Na vida das pessoas existem três esferas básicas: a pessoal, a profissional e a pública. Algumas pessoas pensam que basta ter integridade apenas na esfera profissional e buscam demonstrar uma personalidade ética forte na frente daqueles que só o conhecem profissionalmente. Outras constroem sua integridade na presença do público, ou em relações superficiais e passageiras, dando a impressão de serem cristãs convictas e atuantes apenas para os estranhos. Entretanto, a verdadeira integridade firma raiz na esfera privada de uma pessoa. Só ela e Deus conhecem verdadeiramente as suas ações e pensamentos. E quando nos firmamos no Senhor, Ele nos fortalece para enfrentarmos com resistência os momentos de provações. Assim, diante de circunstâncias inesperadas, nossa integridade não será abalada e o nosso relacionamento com Deus será fortalecido. A Bíblia nos ensina que a nossa integridade deve ser construída na nossa vida privada e principalmente deve estar alicerçada na rocha. Se compreendermos que a integridade cristã Integridade Cristã é o nosso escudo diário na exposição ao mundo, organizaremos nossa identidade, com base em nossas vivências pessoais:sentimentos, relacionamentos, atitudes, valores, lazer, espiritualidade, sexualidade, sociabilidade, educação, trabalho, finanças e serviço, a partir do projeto de Deus para seus servos nos princípios definidos nas Escrituras. Amado(a), é preciso também entender que a construção de nosso caráter, o processo psicológico, moral, ético e espiritual responsável por essa formação e pela estrutura da nossa vida, tem suas origens nas relações familiares. Portanto, o casamento não é simplesmente a união de duas pessoas; é antes de tudo, uma matriz formadora de vidas e valores. É uma escola de integridade. Pense nisto, antes de fundamentar seu relacionamento.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!