Traduza este blog

sábado, 31 de julho de 2010



Porque eu, o SENHOR teu Deus, te tomo pela tua mão direita; e te digo: Não temas, eu te ajudo. (Isaías 41:13)

Amado(a), nem sempre conseguimos entender porque as coisas tomam um rumo inesperado, quando parece que Deus está guiando tudo. Às vezes nos perguntamos: “Por que Deus permitiu que eu entrasse nesta, sabendo que nunca iria dar certo?” Mas a resposta é clara: Deus nos permite fazer escolhas. Veja o caso de Judas. Ele foi chamado pelo Senhor. Estava destinado a ser um homem de Deus, comia à Sua mesa e tinha livre acesso ao Mestre. Foi escolhido à mão por Jesus. Poderia ter sido poderosamente usado por Deus, se não tivesse se deixado corromper pelas propostas do mundo. Ele abortou o plano de Deus e com isso partiu o coração de Jesus. Aquilo que havia se iniciado dentro da vontade de Deus terminou em desastre, porque Judas escolheu os seus próprios caminhos. O orgulho e a teimosia destruíram o plano de Deus em ação sua vida. Quantas vezes nós também não fazemos isso? Começamos bem, seguindo os passos do Mestre, dedicando-nos à Sua obra, mas nos desviamos no meio do caminho, escolhendo seguir nosso coração ou dar ouvidos aos convites do mundo. Deus não escolhe o nosso mal. É verdade que Ele permite que colhamos as conseqüências de nossas escolhas e muitas vezes as usa para nos corrigir, pois Ele corrige a quem ama. Mas essa correção é só por um período, porque o Senhor nos diz por meio de Paulo em I Coríntios 10:13 “Não vos sobreveio tentação que não fosse humana; mas Deus é fiel e não permitirá que sejais tentados além das vossas forças; pelo contrário, juntamente com a tentação, vos proverá livramento, de sorte que a possais suportar”
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!