Traduza este blog

quinta-feira, 29 de julho de 2010


Mas, se padece como cristão, não se envergonhe, antes glorifique a Deus nesta parte. (I Pedro 4:16)


Amado(a),
Ao contrário do que muitos pensam, o tempo não resolve nada! Só Deus resolve. Quando estamos feridos, o tempo só amplia a dor.
E raramente nos machucamos apenas uma vez. Em geral, uma ferida, antes de ser cicatrizada, dá lugar à outra e qualquer toque pode desencadear mais dor. Assim, um coração partido é facilmente magoado porque não é protegido por uma casca dura. Ele geralmente é sensível, frágil. O pior é que a brandura muitas vezes é confundida com vulnerabilidade pelo coração de casca dura. O silêncio é interpretado como fraqueza e a abertura para o perdão ao ofensor é tomada por autorização para novas ofensas.
Isso muitas vezes indica que um coração sensível que busca amor e compreensão, em geral, é o mais fácil de ser partido. Corações abertos e que confiam são mais machucados. O mundo está cheio de homens e mulheres que rejeitaram o amor oferecido por um coração suave e terno, que aceita as diferenças e assim como Jesus ensinou não trata o mal com o mal. O que se observa é que os corações fortes, que quase nunca estão dispostos a dar, antes querem receber o que não entregam, raramente se quebram. Eles estão cobertos por uma carapaça dura, não confiam em ninguém, e exigem que o amor constantemente lhes seja provado. Não se ferem porque não se colocam na posição do próximo, não caminham no mesmo sentido e assim não há o que os fira. São muito orgulhosos e muito egoístas para permitir que alguém os faça sofrer de alguma maneira. São corações que não assumem compromissos. Não conseguem ser fieis a Deus, ao companheiro do momento, porque também não são fieis a si mesmos.
Amado(a), se você tem esse coração sensível e não tem conseguido quebrantar um coração casca dura, não se martirize, você provavelmente fez o que era preciso. Moveu-se dentro da vontade de Deus, agindo com honestidade. Se foi motivado(a) pelo amor de Deus, lembre-se de que Deus sabe exatamente o quanto você pode aguentar e não permitirá que passe por provações maiores do que possa suportar. Lembre-se do que nos disse Paulo em Romanos 5: 3-5 “Nós nos gloriamos também nas tribulações, sabendo que a tribulação produz a perseverança…” Em momentos difíceis, louve a Deus e descanse Nele.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!