Traduza este blog

quinta-feira, 18 de fevereiro de 2010

Maná: Palavra Diária para Edificação



“E eles nada disto entendiam, e esta palavra lhes era encoberta, não percebendo o que se lhes dizia.” (Lucas 18:34)

Amado(a), Jesus esteve junto de Seus discípulos, caminhou, comeu, com eles, viveu entre eles, durante Seu ministério na terra. Quantos milagres eles presenciaram, quantas vidas restauradas por Jesus esses homens tiveram a oportunidade de ver, não só de ouvir falar. Eles foram testemunhas oculares da vida e da ação de Jesus e ainda assim, muita coisa eles não entendiam. Nós também nos comportamos assim, diversas vezes e não é por falta de ouvir a palavra, de receber explicação dos pastores, ou de pessoas mais amadurecidas na fé. Nosso nível de compreensão não diz respeito aos esclarecimentos que recebemos. Nós simplesmente não entendemos, porque quem dá entendimento não é o homem, mas o Espírito Santo, quando nosso coração se abre para receber. Quantas palavras inspiradas são proferidas nos cultos, quantas revelações são feitas por intermédio da palavra, repetida em vários momentos, e por diversas formas e ainda assim não entendemos!
O que nos falta não é a palavra, mas experiência e percepção espiritual suficientes para entender a mensagem divina.
Note que você recebe o maná mal rompe o dia, ouve a palavra do culto, com todas as explicações do ministrante, com exemplos concretos e atualizados, lê a Bíblia, recebe um folheto com uma mensagem evangélica inesperadamente, ouve pelo rádio ou pela TV uma mensagem, ou pela internet um power point que reitera o que já foi dito. E, pode até parecer coincidência, todos tratam, inexplicavelmente, do mesmo assunto, e foram abordados em lugares e por pessoas diferentes. Como se explica isso? Deus está falando com você! Está lhe enviando um recado que você não entende, ou não abre seu coração para entender.
Mas, amado, a boa notícia é que apesar de nossas limitações, de nossa teimosia, o Senhor não desiste de nós. Por isso, de vez em quando, uma luz se acende dentro de nós e abrimos nossa mente para entender os recados insistentes de Deus. Alguns entendem mais cedo, outros demoram, mas pela graça e misericórdia, todos um dia irão compreender. E você, amado(a), compreende o que lê? Entende o que ouve? Reconhece o que procede de Deus e o que são ruídos do inimigo? O Senhor tem falado com você, mesmo que tenha voltado as costas para Ele. Quando vai tirar o tampão de seus ouvidos?
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!