Traduza este blog

segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Palavra Viva: o alimento diário da fé




“Portanto, ofereçamos sempre por ele a Deus sacrifício de louvor, isto é, o fruto dos lábios que confessam o seu nome.” (Hebreus 13:15)


Amado (a),
Louvar a Deus não é fácil. Devemos louvá-lo sempre em tempo de paz ou de guerra, se estivemos felizes ou tristes, ganhando ou perdendo, com saúde ou doentes. Todas as coisas acontecem com a permissão de Deus, sendo assim, devemos sempre lhe render graças e glorificar seu nome porque mesmo na luta, somo vencedores. Vencemos porque somos transformados em pessoas mais parecidas com Cristo. Então o louvor é sacrifício, não é fácil louvar a Deus. E mesmo quando estamos alegres, a preguiça, a acomodação e a rotina da vida diária fazem do ato do louvor uma oferta que precisa muitas vezes passar por renúncia voluntária ou forçada.
Vamos confessá-lo sempre e louvá-lo com todo o nosso coração.
Nosso Deus é digno de todo o louvor.
Deus lhe abençoe!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!