Traduza este blog

terça-feira, 17 de novembro de 2009

Louvai o nome do SENHOR; louvai-o, servos do SENHOR. (135:1)





Amado(a), observe que o salmista nos exorta a louvar o nome do Senhor e reitera a sua exortação deixando claro de quem deve proceder o louvor e assim ratifica a importância de ser servo. Ao contrário do que muitos pensam, ser servo é uma honra. O próprio Jesus, quando esteve na terra, afirmou que não veio para ser servido, mas para servir e deu-nos exemplo de como ser um servo. Ele exerceu seu ministério, servindo ao Pai e à humanidade e nos ensinou como é gratificante servir com alegria. Antes de prestarmos louvor a Deus ou nos engajarmos em um serviço ou ministério, precisamos pensar se somos ou não servos. Infelizmente, a maioria dos cristãos não vive como servos. Antes querem ser servidos.
Para ser servo é preciso amar, como Jesus demonstrou. O servo do Senhor, antes de tudo, sabe que o amor é a essência da vida, é a causa de tudo, é a vida cristã. Deus amou o mundo de tal maneira que deu seu filho unigênito, por isso não é possível pensar em vida cristã sem amor. Uma não existe sem a outra. Jesus disse que nos tornaríamos conhecidos no mundo por intermédio do amor. O amor é credencial dos discípulos de Cristo. Quando desenvolvemos o amor em nossas vidas é que nos tornamos parecidos com Cristo. Porque Deus é amor. Nosso louvor não chega ao trono de Deus se não demonstrarmos amor. Se não soubermos agir como servos de Deus que vive para cumprir o os dois primeiros mandamentos, pois aquele que não ama não conhece a Deus. Quem não ama a seu irmão está morto e não tem a vida eterna.
Amado(a), não nos esqueçamos de que fomos chamados para servir em amor. Este é o nosso destino e a razão da nossa existência para a glória de Deus!

Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!