Traduza este blog

quarta-feira, 7 de outubro de 2009

“Fica por fiador do teu servo para o bem; não deixes que os soberbos me oprimam.”(Salmos 119: 122)








Amado (a),

Como cristãos vivemos paradoxalmente em dois mundos ao mesmo tempo. Por isso nossa carne milita contra o Espírito e o Espírito milita contra a carne, porque são opostos entre si, conforme mostra o apóstolo Paulo em Gálatas 5:16. O tempo todo estamos sujeitos a escolhas entre um ou outro lado dessa luta. Mas sabemos que a vitória contra este inimigo, o pecado que habita em nós, não vem sem luta e que ela só é ganha graças a Deus que nos deu a vitória em Cristo.
É na carne, assim como Jesus, quando se fez homem entre nós, que enfrentamos esse mundo. Mas é pelo Espírito que mortificamos o pecado e nos tornamos participantes do Corpo de Cristo. É preciso, pois, que saibamos que toda a luta nos mantém preparados para a redenção, mas que a vitória já é nossa pela graça. Cristo Jesus foi nosso fiador e resgatou nossas dívidas. Fiador é aquele que nos protege e paga o preço daquilo que não conseguimos pagar. Não há mais o que temer das ameaças do inimigo. A promissória já foi resgatada. Jesus já pagou o preço. Ele é nosso advogado e nosso único credor. Só a Ele devemos prestar contas. Se estamos sendo afligidos por ameaças dos soberbos que se interpõem como emissários de satanás para nos roubar a paz, o sustento, é por absoluta falta de conhecimento acerca da Palavra. Lembremos o que nos ensinou Paulo em carta aos Romanos 8:12-17: “Portanto, irmãos, somos devedores, não à carne para vivermos segundo a carne; porque se viverdes segundo a carne, haveis de morrer; mas, se pelo Espírito mortificardes as obras do corpo, vivereis. Pois todos os que são guiados pelo Espírito de Deus, esses são filhos de Deus. Porque não recebestes o espírito de escravidão, para outra vez estardes com temor, mas recebestes o espírito de adoção, pelo qual clamamos: Aba, Pai! O Espírito mesmo testifica com o nosso espírito que somos filhos de Deus; e, se filhos, também herdeiros, herdeiros de Deus e co-herdeiros de Cristo; se é certo que com ele padecemos, para que também com ele sejamos glorificados”.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!