Traduza este blog

quarta-feira, 23 de setembro de 2009

Tu és o meu refúgio e o meu escudo; espero na tua palavra.”(Salmos 119: 114)



Amado (a), a palavra refúgio em hebraico significa abrigo, retiro, lugar seguro. Quando o salmista confessa que Deus é seu refúgio e seu escudo, ele está afirmando que Nele está a sua segurança. Ele confia porque conhece a palavra de Deus e sabe que nela encontra a garantia desta segurança. Quando estamos tristes, ou nos sentindo oprimidos e buscamos no Senhor esse refúgio encontramos forças para enfrentar as adversidades e resistir no dia mau. Mas se nos apegamos em outras opções oferecidas pelo mundo, certamente nos decepcionaremos, pois nenhum homem pode suprir nossa carência do Pai. Nenhum tesouro terreno pode substituir as bênçãos do Senhor. Quando estamos angustiados, passando por problemas, é natural que busquemos refúgio. Quem não experimentou uma vida com Deus tende a buscar soluções em caminhos vários. Quem sofre busca uma solução e espera que ela seja imediata. Isso é compreensível, mas tal atitude não levava a lugar algum, em geral esses caminhos que se apresentam como talhos, quase sempre se transformam em armadilhas.
Solução mesmo só conseguimos quando abrimos o nosso coração e falamos tudo o que nos incomoda ao Senhor. Quem entra em oração decidido a resolver o problema terá a solução. Essa é a promessa de Deus, conforme está em Lucas 11: 10 “Pois todo o que pede recebe".
Amado(a), se não recebeu, peça. Não há nada mais difícil do que pedir. O sentimento de carência total faz-nos pedir. Quando ansiamos por algo, suspiramos pelo que desejamos, mas só quando chegamos ao extremo do sofrimento é que pensamos em pedir. E Jesus nos disse em Mateus 5:45. Ao agirmos assim, Deus nos responde, confirmando que o pedido foi aceito. Lembremo-nos sempre do que diz o salmista em Salmos 9:9 “O SENHOR será também um alto refúgio para o oprimido; um alto refúgio em tempos de angústia”.
Graça e Paz!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!