Traduza este blog

sexta-feira, 7 de dezembro de 2018

– Porque assim que as plantas dos pés dos sacerdotes que levam a arca do Senhor, o Senhor de toda a terra, pousarem nas águas do Jordão, estas serão cortadas, isto é, as águas que vêm de cima, e, amontoadas, pararão. Josué 3: 13




A travessia do Mar Vermelho é um trecho bíblico que nos mostra um momento de passagem de uma vida de escravidão para a liberdade em potencial. Atravessar o Jordão para entrar na Terra Prometida é outra etapa que se coloca como prova de resistência para aqueles que querem entrar na benção. Mas a Bíblia nos ensina que não há como passar pelas águas em molhar nossos pés. Em ambos os casos da narrativa bíblica Deus estava à frente esperando que o povo desse o primeiro passo. E esse passo pressupõe deixar o passado para trás e com ele toda a carga que nos impede a travessia. E quando Deus nos impele a atravessar significa que, não importa o quão turbulentas e ameaçadoras estejam as águas, Ele está no controle e que, mediante nossa iniciativa, cortará as águas e nos fará passar em seco, destruindo os nossos inimigos, como nos lembra o salmista 78:53
E os guiou com segurança, que não temeram; mas o mar cobriu os seus inimigos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!