Traduza este blog

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Cada um, porém, é tentado pela própria cobiça, sendo por essa arrastado e seduzido. Tiago 1: 14




A Bíblia nos ensina que a tentação é um aviso iminente do perigo que nos ronda. Ela é um sinal vermelho que é aceso para alertar sobre a aproximação do pecado. Espírito Santo está sempre acendendo esse sinal para evitarmos o mal. Por isso, Jesus nos adverte sobre a necessidade de vigiarmos diligentemente. A Bíblia nos mostra que o próprio Senhor Jesus experimentou a tentação no deserto quando satanás lhe ofereceu fama e glórias desse mundo para que o adorasse. E porque estava forte espiritualmente, pelo poder da oração e por estar ligado a Deus pelo Espírito Ele resistiu. Mas a Bíblia nos mostra também um exemplo contrário. Sansão não vigiou e deixou que seu ponto fraco o vencesse, porque não percebeu o perigo que se aproximava dele aos poucos. Todos nós também sofreremos tentação. Assim como sansão, temos um inimigo poderoso que, como Dalila, é persistente. Precisamos, portanto, obedecer ao que nos exorta Jesus que nos mandou vigiar antes de orar, certamente porque a vigilância nos deixa alertas cientes de que não devemos nunca brincar com o pecado

Vigiai e orai, para que não entreis em tentação; na verdade, o espírito está pronto, mas a carne é fraca. Mateus 26:41

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!