Traduza este blog

sexta-feira, 27 de julho de 2018

Certamente Deus é bom para Israel, para os puros de coração. Quanto a mim, os meus pés quase tropeçaram; por pouco não escorreguei. Pois tive inveja dos arrogantes quando vi a prosperidade desses ímpios. Salmos 73: 1-3




Algumas vezes temos a impressão de que nossos esforços não levam a nada, enquanto pessoas desonestas conseguem êxito sem o menor esforço ou até mesmo são privilegiadas usando os nossos esforços. Quando olhamos para essas pessoas sem observar o que Deus tem feito por nós, corremos o risco de tropeçar, como mostra o salmista, pois reparamos na aparente prosperidade daqueles que não servem e Deus e temos a sensação de que Deus se esqueceu de nós. Questionamos o fato de que as pessoas desonestas têm aquilo que desejamos, enquanto as nossas conquistas são mais difíceis. Mas não podemos tirar os olhos da Palavra de Deus que nos diz claramente que o Senhor não nos abandona. Precisamos aprender a agradecer pelo que temos e, sobretudo, a valorizar o dom mais precioso na certeza da salvação. Quando aprendemos que temos o melhor de Deus, ainda que os outros aparentem a prosperidade que desejamos, teremos o que Paulo diz em  Colossenses 3:15

E a paz de Deus, para a qual também fostes chamados em um corpo, domine em vossos corações; e sede agradecidos.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!