Traduza este blog

sexta-feira, 27 de abril de 2018

“Não ajunteis tesouros na terra, onde a traça e a ferrugem tudo consomem, e onde os ladrões minam e roubam; Mas ajuntai tesouros no céu, onde nem a traça nem a ferrugem consomem, e onde os ladrões não minam nem roubam. (Mateus 6: 19-20).



A Bíblia nos ensina que podemos esperar em Deus para prover as necessidades daqueles que Nele confiam. Em Mateus 6: 25, Jesus nos diz que não precisamos ficar cuidadosos quanto à vossa vida, pelo que havemos de comer, beber ou vestir. Por isso o Senhor nos ensina a não colocarmos nossas forças na busca de bens terrenos e nos exorta à preocupação com as coisas celestiais. Contudo, muitos têm gasto sua vida em acumular riquezas e, infelizmente, em muitos casos têm adquirido bens de forma que contraria a Palavra de Deus. O dinheiro ganho desonestamente, além de trazer amarguras e dores, em geral, vai embora de uma forma imprevista também. Sabemos, entretanto, que Deus supre as nossas necessidades e para quem é fiel à Palavra de Deus, o pouco é abundante. Vemos pessoas que ganham muito, de forma desonesta, têm, de fato, bem menos do que aqueles que pouco recebem, mas são escravos do que adquiriram contrariando as orientações de Deus. Por isso, devemos agir como recomenda o apóstolo Paulo , pois se agirmos com honestidade não só perante o Senhor, mas também diante dos homens, certamente obteremos as graças do Senhor. Isso se aplica em todas as áreas. No trabalho, na vida social, nas relações afetivas e familiares.

"Pois o que nos preocupa é procedermos honestamente, não só perante o Senhor, como também diante dos homens”.(II Coríntios 8:21)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!