Traduza este blog

segunda-feira, 19 de fevereiro de 2018

Vede quão grande amor nos tem concedido o Pai, que fôssemos chamados filhos de Deus. Por isso o mundo não nos conhece; porque não o conhece a ele. 1 João 3:1





A bênção de ser filho de Deus é um dom que se recebe pela graça e fé em Cristo Jesus. Embora muitos afirmem ser filhos de Deus, essa graça é concedida somente àqueles que já experimentaram o novo nascimento, por meio do reconhecimento de Jesus como único e suficiente Salvador pela operação do Espírito Santo. Para esses as coisas velhas já passaram, porque foram gerados por Deus e, assim, feitos filhos. No texto em epígrafe, fragmento da primeira carta, o apóstolo João exclama com reconhecimento sincero a alegria de ter sido agraciado com o grande amor do Pai e poder ser chamado de filho. Mas, com essa alegria vem também a constatação de que os separados, feitos filhos, e não apenas criatura, são também excluídos, ou desprezados pelo mundo que não conhece o Pai e, portanto, não se sentem em família. Não têm como irmãos aqueles que experimentaram o novo nascimento. Ser chamado filho de Deus é um privilégio e só é percebido como tal por aqueles que se enquadram legitimamente no seio da família de Deus. 

Assim que já não és mais servo, mas filho; e, se és filho, és também herdeiro de Deus por Cristo. Gálatas 4:7


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!