Traduza este blog

quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Porque, como as aflições de Cristo são abundantes em nós, assim também é abundante a nossa consolação por meio de Cristo. 2 Coríntios 1:5



O apóstolo Paulo nos lembra de que àqueles que são chamados a pregar o Evangelho não é oferecida uma vida de tranquilidade, todavia, aos cristãos sempre foi dito que, ao assumirem a missão de Cristo, iriam enfrentar uma luta que os descrentes não enfrentam. Temos, contudo, que entender que não lutamos contra a carne, mas contra o inimigo que milita no mundo, lutamos contra satanás. Precisamos compreender a profundidade de nossa missão, certos também de que, se Deus nos comissionou, Ele também nos dará toda a condição de enfrentarmos as batalhas diárias, tendo nós, em Cristo, a certeza da vitória que o próprio Senhor Jesus nos garantiu na Cruz. As adversidades e as vicissitudes da vida podem nos entristecer, sim, mas Paulo nos garante a abundante consolação. Assim como o salmista, firmados na Rocha, podemos afirmar como o salmista

Aumentarás a minha grandeza, e de novo me consolarás. Salmos 71:21


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!