Traduza este blog

terça-feira, 11 de julho de 2017

E rogo-vos, irmãos, que noteis os que promovem dissensões e escândalos contra a doutrina que aprendestes; desviai-vos deles. Porque os tais não servem a nosso Senhor Jesus Cristo, mas ao seu ventre; e com suaves palavras e lisonjas enganam os corações dos simples. Romanos 16:17-18




Em tempos de redes sociais e de estrema busca por notoriedade, as pessoas estão se perdendo em sua vaidade e nem mesmo as igrejas podem ser consideradas terrenos livres de escândalos e de paz entre os seus membros. A Bíblia, no entanto, nos ensina que devemos nos apegar à verdade e nos afastarmos de tudo que nos leve à dissensão e que fuja ao que dize a Palavra de Deus. Ela nos ensina que o correto é sempre falar a verdade, mesmo que ela incomode ou fira a todos, em vez falar a mentira, mesmo que ela agrade a todos. Não há mentira do bem, como querem alguns, para justificarem seus deslizes. E a Bíblia nos diz que é melhor ser odiado por falar verdade, do que ser amado por falar mentira ou por esconder verdade. O melhor é permanecermos de pé, por amor à verdade, ainda que contra todos, correndo o risco de ser desprezado e abandonado, do que ter o apoio de toda a multidão, mas não ter a verdade, e, consequentemente, dessagrando a Deus. Paulo nos alerta para que nos desviemos daqueles que nos ensinam o contrário e que, de forma lisonjeira nos levam a sair dos caminhos do Senhor, conforme nos ensina Moisés em Êxodo 23:1-2:  ¶
Não admitirás falso boato, e não porás a tua mão com o ímpio, para seres testemunha falsa. Não seguirás a multidão para fazeres o mal; nem numa demanda falarás, tomando parte com a maioria para torcer o direito.
                    

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!