Traduza este blog

quinta-feira, 22 de junho de 2017

Porque não faço o bem que quero, mas o mal que não quero esse faço. Romanos 7:19



A reflexão feita pelo apóstolo Paulo é também a nossa constatação quando erramos. Queremos fazer o bem, andar no caminho certo, ser mais pacientes e tolerantes com as pessoas, mas nem sempre conseguimos domar o velho homem que habita em nós, apesar de conhecermos a novidade de vida, pela graça do Evangelho de Jesus Cristo. Mas o fato é que, se temos o Espírito Santo, Ele nos constrange a fazer o bem e nos faz sentir incomodados quando não o fazemos. Muitas vezes achamos mais fácil criticar, responder com rispidez e intolerância do que agir com amorosidade e paciência com aqueles que nos incomodam. Se fizemos ao outro como Deus faz conosco seria diferente. Apesar de sermos maus, Deus nos ama e nos perdoa. Falta-nos domínio próprio para vivermos conforme o Senhor nos ensina. Mas domínio próprio é um dom do Espírito Santo. E se buscarmos esse dom, o Espírito nos guiará. E assim seremos capazes de resistir ao que nos faz vítimas das próprias fraquezas pois, conforme nos ensina Salomão em Provérbios 25:28

Como a cidade derrubada, sem muro, assim é o homem que não pode conter o seu espírito.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!