Traduza este blog

segunda-feira, 24 de outubro de 2016

“Ai daqueles que fazem leis injustas, que escrevem decretos opressores, para privar os pobres dos seus direitos e da justiça os oprimidos de meu povo”. (Isaías 10:1-2)

.

Para vivermos em sociedade, as leis são necessárias. Elas foram idealizadas para nos garantir a harmonia e o equilíbrio, mas quando os legisladores se esquecem disso e aprovam leis apenas para o benefício de poucos e se omitem na defesa da coletividade, a sociedade é lesada e a injustiça prevalece. O profeta Isaías condena os que fazem leis em benefício próprio, e não se preocupam em fazer justiça ao povo. Diante disso, como cristãos devemos orar por aqueles que têm o poder provisório de fazer as leis. Devemos pedir a Deus que lhes dê discernimento e senso de justiça para que usem a autoridade que lhes foi outorgada para fazer o bem. Mas também cabe a nós eleger representantes que testemunhem valores morais e que sejam reconhecidos pelo respeito à causa do povo e pela coerência entre seu discurso e sua prática. A Bíblia condena os maus legisladores, mas Jesus nos garante que não desampara aqueles que são oprimidos e injustiçados.

 "Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça porque serão fartos" (Mateus 5:6)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!