Traduza este blog

terça-feira, 26 de abril de 2016

Porém o Senhor disse a Samuel: Não atentes para a sua aparência, nem para a grandeza da sua estatura, porque o tenho rejeitado; porque o Senhor não vê como vê o homem, pois o homem vê o que está diante dos olhos, porém o Senhor olha para o coração. 1 Samuel 16:7


A visão de Deus vai além das aparências, por isso precisamos aprender a olhar com os olhos de Deus. Vemos que Samuel, um dos mais respeitados líderes da história do povo de Israel, quando recebeu a missão de Deus para ungir um rei para substituir Saul, dirigiu-se a Belém, à casa de Jessé, para, dentre os seus filhos, consagrar um novo rei a Israel. Ao ver um de seus filhos ficou impressionado com sua aparência e seu porte físico e logo pensou que estaria diante do rei de Israel, mas foi advertido por Deus: “O Senhor não vê como vê o homem”. E essa advertência deve nortear nossa vida e nossas escolhas. Apesar das melhores intenções, o olhar humano é sempre superficial, aparente ou imediatista. Mas a forma como Deus vê é diferente da visão humana. Deus sempre enxerga o que há de melhor em nós e sempre de forma positiva. A razão de nossos fracassos é exatamente porque temos uma visão errada de nós mesmos e deixamos que o diabo nos intimide. O homem vê a fraqueza, enquanto  Deus vê a potencialidade. Ficamos presos às aparências, vemos apenas o rótulo e não o conteúdo. Valorizamos demais o que é superficial e visível apenas aos olhos. Deus vê as motivações do coração. O essencial é invisível aos olhos, mas nós valorizamos e julgamos movidos pelas aparências. Por esta razão somos facilmente enganados. Mas o apóstolo nos diz:


Não atentando nós nas coisas que se veem, mas nas que se não veem; porque as que se veem são temporais, e as que se não veem são eternas. 2 Coríntios 4:18

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!