Traduza este blog

sábado, 5 de março de 2016

Não com nossos pais fez o Senhor esta aliança, mas conosco, todos os que hoje aqui estamos vivos. Deuteronômio 5:3


Não podemos nos esquecer de que Deus em sua infinita bondade e misericórdia não se cansou de perdoar e de dar uma nova chance para o povo de Israel, nas diversas vezes que esse povo pecou contra Ele. Deus é fiel, apesar da infidelidade dos israelitas. E Ele permanece fiel a nós, por isso fez uma aliança perpétua conosco e os mandamentos não estão mais nas tábuas, mas devem estar em nosso coração. A aliança divina expressa por Moisés reaparece em Jesus Cristo, o cumprimento dessa Aliança. Jesus. O amor de Deus é tão grande ao ponto de entregar Seu único Filho para remissão de nossos pecados e para confirmação da Aliança. Assim como o grão de trigo precisa morrer para produzir fruto, a morte de Jesus gera vida para aqueles que aceitam a aliança. Hoje Deus não nos cobra sacrifícios. É preciso apenas crer n’Ele, acolhê-Lo e renunciar ao mundo, cientes de que somos cidadãos do Céu, e de que Deus é fiel


Para manifestar misericórdia a nossos pais, E lembrar-se da sua santa aliança, Lucas 1:72

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!