Traduza este blog

terça-feira, 1 de março de 2016

E farás o que é reto e bom aos olhos do Senhor, para que bem te suceda, e entres, e possuas a boa terra, a qual o Senhor jurou dar a teus pais. Deuteronômio 6:18


Não podemos nos esquecer de que a base de todos os relacionamentos cristãos deve ser o Senhor, por isso tudo o que fazemos deve ser para a Sua honra e glória, e para que Seu nome seja exaltado. Como cristãos temos que nos esforçar em todos os ambientes nos quais convivemos para fazermos o melhor, tanto em relação ao nosso trabalho, quanto na forma como lidamos com nossos colegas, chefes e subordinados. A arrogância, negligência, displicência ou preguiça não podem fazer parte de nossa conduta. Devemos dar exemplo e testemunho aos demais, lembrando-nos de que não é ao homem a quem devemos agradar e sim a Deus. Quando servimos aos nossos chefes com respeito e responsabilidade atendemos a uma ordem do Senhor expressa em Efésios 6:5-8

“Servos, obedecei a vosso senhor segundo a carne com temor e tremor, na sinceridade do vosso coração, como a Cristo, não servindo à vista, como para agradar a homens, mas como servos de Cristo, fazendo, de coração, a vontade de Deus; servindo de boa vontade, como ao Senhor e não como a homens, certos de que cada um, se fizer alguma coisa boa, receberá isso outra vez do Senhor, quer seja servo, quer livre” (Efésios 6:5-8).


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!