Traduza este blog

domingo, 20 de março de 2016

Bem-aventurado tu, ó Israel! Quem é como tu? Um povo salvo pelo Senhor, o escudo do teu socorro, e a espada da tua majestade; por isso os teus inimigos te serão sujeitos, e tu pisarás sobre as suas alturas. Deuteronômio 33:29


Fazer parte do povo de Deus é motivo de júbilo e de constante agradecimentos. Vemos que Deus escolheu Israel como nação e povo eleito, mas também nos fez filhos não segundo a carne, como os que  nasceram na terra de Israel, mas segundo o espírito, conforme a herança da fé que legitimou  Abraão e sua descendência. Deus jamais rejeitou o Seu povo, mas o Seu povo o rejeitou. E aqueles que livremente aceitam o Seu Filhos são também herdeiros da promessa. Bem-aventurados são os gentios que, tendo a oportunidade de conhece o Senhor, escolhe fazer parte desta família que é a Igreja do Senhor. Deus, em Sua infinita misericórdia nos deu Seu Filho para nos trazer a Salvação. Quanto a nós, que éramos apenas jambuzeiros bravos, fomos enxertados na oliveira verdadeira através de Jesus. (Rom. 11:17 a 36). Paulo nos ensina em Romanos 2:28-29 a compreender que nós, gentios convertido pela Graça, estamos ligados ao povo de Israel em amor.


Porque não é judeu o que o é exteriormente, nem é circuncisão a que o é exteriormente na carne. Mas é judeu o que o é no interior, e circuncisão a que é do coração, no espírito, não na letra; cujo louvor não provém dos homens, mas de Deus.  

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!