Traduza este blog

domingo, 7 de fevereiro de 2016

Semelhantemente, no dia da vossa alegria e nas vossas solenidades, e nos princípios de vossos meses, também tocareis as trombetas sobre os vossos holocaustos, sobre os vossos sacrifícios pacíficos, e vos serão por memorial perante vosso Deus: Eu sou o Senhor vosso Deus. Números 10:10



No Antigo Testamento o toque das trombetas era uma “ordenança”. Na guerra, o toque assegurava que Israel seria lembrado diante do Senhor e seria salvo de seus inimigos. Assim, o toque das trombetas servia de “memorial diante de Deus”. O Senhor usava essas trombetas a fim de lembrar a Israel sobre Sua presença e cuidado, como usava a nuvem e o fogo. Hoje, não temos a nuvem, o fogo nem as trombetas para nos lembrar sobre a direção e presença de Deus, mas temos a revelação de Deus pelo Novo Testamento, lembrando o que Ele fez por nós por meio de Jesus. Mas ao olharmos para o Antigo Testamento veremos que nos momentos de alegria e de regozijo os filhos de Israel também tocavam as trombetas. Então, entendemos que a alegria do povo de Deus está associada ao "sonido das trombetas". Devemos lembrar que a Bíblia registra que as trombetas de Deus haverão de tocar gloriosamente no retorno de Cristo: "Porque o mesmo Senhor descerá do céu com alarido, e com voz de arcanjo, e com a trombeta de Deus...". (1Tessalonicensses  4: 16).  E assim fiquemos atentos pois


num momento, num abrir e fechar de olhos, ao ressoar da última trombeta. A trombeta soará, os mortos ressuscitarão incorruptíveis, e nós seremos transformados.( 1Coríntios 15:52).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!