Traduza este blog

quarta-feira, 24 de fevereiro de 2016

A ti te foi mostrado para que soubesses que o Senhor é Deus; nenhum outro há senão ele. Deuteronômio 4:35


Depois de receber de Deus os estatutos e princípios pelos quais o povo deveria ser orientado, Moisés lembrou seus liderados de que Esse Deus, que intentava preparar Seu povo para algo muito mais grandioso do que havia visto na experiência da libertação do Egito e na travessia rumo à terra prometida, é um Deus misericordioso e pronto para ouvir a voz daquele que estiver em angústia e a Ele clamar. Esse Deus invisível, mas presente não se esquece da aliança que fez em tempos remotos e até hoje a ela é fiel. E porque nos amou primeiro deu-nos a condição de filhos. Deus escolheu Moisés para portador da Sua glória ao povo que carecia de luz e de orientação e ainda hoje nos escolhe e nos acolhe com a mesma misericórdia, graça e longanimidade. Todos os dias em algum lugar, de algum modo ouvimos os feitos do Altíssimo. Mas podemos escolher ouvir e aceitar ou seguir em frente de acordo com nosso próprio entendimento, como fizeram muitos israelitas. O Senhor nos honra com o Seu chamado, todavia nos lembra em Mateus 22:14


Porque muitos são chamados, mas poucos escolhidos. Mateus 22:14

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!