Traduza este blog

quarta-feira, 9 de dezembro de 2015

“E será que toda a criatura vivente que passar por onde quer que entrarem estes rios viverá; e haverá muitíssimo peixe, porque lá chegarão estas águas, e serão saudáveis, e viverá tudo por onde quer que entrar este rio”. Ezequiel 47: 9



A profecia de Ezequiel nos ensina que assim como a água traz vida, hidrata, repõe energia Deus também faz isso conosco. Ele nos renova e purifica. O Senhor é tudo o que precisamos para viver, assim como a água, sem ela não sobrevivemos fisicamente e sem Cristo espiritualmente. O texto do profeta nos convida a mergulhar nesse rio, não  só para termos vida, mas para transbordarmos. Mas para transbordarmos no poder de Deus precisamos tomar a decisão de entrar ou não nessas águas. Não podemos ficar apenas como expectadores passivos. Como meros observadores daqueles que mergulham e recebem a graça e o poder de Deus. Não podemos ficar à margem, na beira do rio, apenas contemplando suas aguas sem usufruir de suas benesses. Mergulhar significa conhecer a Deus em profundidade. É por meio desse conhecimento que mudamos muita coisa em nossas vidas. O Espírito de Deus vivifica em nós para submergirmos sob o poder de Deus. Quem quer mergulhar no poder de Deus precisa tomar essa decisão. Mas para mergulharmos nessas águas é preciso nos desprendermos daquilo que o mundo nos oferece: pensamentos impuros, soberba, prostituição e todos os demais frutos da carne terão de dar lugar aos frutos do espírito. Se quisermos nos santificar, se quisermos fazer diferença no mundo precisamos morrer para nossas vontades.


“Porque o que semeia na sua carne, da carne ceifará a corrupção; mas o que semeia no Espírito, do Espírito ceifará a vida eterna”, e reiterou que se não desanimarmos de fazer o bem, em bom tempo ceifaremos. (Gálatas 6: 9)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!