Traduza este blog

sábado, 10 de outubro de 2015

A sua prata lançarão pelas ruas, e o seu ouro será removido; nem a sua prata nem o seu ouro os poderá livrar no dia do furor do Senhor; eles não fartarão a sua alma, nem lhes encherão o estômago, porque isto foi o tropeço da sua iniquidade. Ezequiel 7:19


  O profeta Ezequiel nos fala de algo que merece reflexão, posto que muitos têm se perdido na ganância pela riqueza e pelo poder. Muitos têm comprometido sua honra, seus relacionamentos, sua família pelo amor desenfreado ao dinheiro, pela vaidade e pela avareza. Contudo, nada disso se aproveitará, quando descermos à cova. Nenhum título, posição, bem material ou poder seja de que ordem será credencial para desfrutarmos a vida eterna nos Céus. Por isso, em tempos em que a sociedade tem se deixado corromper por valores nada éticos, tampouco cristãos, precisamos fazer uma avaliação sobre quais são os valores que orientam nossa conduta, porque aquilo que fazemos quando ninguém está vendo é considerado por Deus. O valor que  damos ao dinheiro e a forma como o usamos significam muito no mundo espiritual. Quando colocamos em primeiro lugar, idolatrando-o, ou deixando que ele governe nossas vidas, começamos a ter problemas, em vez de soluções. Jesus deixa claro que o dinheiro é para nos servir e não o contrário. Por isso nos ensinou em Lucas 12:15
E disse-lhes: Acautelai-vos e guardai-vos da avareza; porque a vida de qualquer não consiste na abundância do que possui.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!