Traduza este blog

sexta-feira, 31 de julho de 2015

O Senhor é a minha força, e o meu cântico; ele me foi por salvação; este é o meu Deus, portanto lhe farei uma habitação; ele é o Deus de meu pai, por isso o exaltarei. Êxodo 15:2


Há pessoas que quando enfrentam alguma luta gastam mais tempo procurando a culpa, murmurando, questionando os motivos e até mesmo duvidando de que Deus esteja lhe ouvindo. Moisés entoou um cântico reconhecendo a presença de Deus mesmo quando parecia distante. O apóstolo Paulo também viveu essa experiência e nos ensinou muito sobre como agir. Quando Deus recusou tirar o espinho da vida de Paulo, ele deu esta explicação: "A minha graça te basta, porque o poder se   aperfeiçoa na fraqueza" (2 Coríntios 12:9). Assim, o apóstolo aprendeu nas tribulações a depender da graça do Senhor. Em geral as pessoas tendem a se esquecer de Deus, quando sentem que tem tudo sob controle, confiando em sua própria capacidade. E, nas horas de maior fraqueza, quando sentimos incapazes de resolver os nossos problemas sozinhos, tendemos a voltar para Deus e deixar que Ele resolva o que nos parece impossível. Não são os nossos recursos financeiros, nossos amigos, nosso status, nada pode preencher as nossas necessidades. A graça de Deus nos basta, e o poder dele se manifesta em nossa fraqueza, por isso Paulo afirmou em 2 Coríntios 12:10:
Por isso sinto prazer nas fraquezas, nas injúrias, nas necessidades, nas perseguições, nas angústias por amor de Cristo. Porque quando estou fraco então sou forte. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!