Traduza este blog

segunda-feira, 27 de abril de 2015

Cansaste-te na multidão dos teus conselhos; levantem-se pois agora e te salvem os astrólogos, que contemplam os astros, e os que nas luas novas prognosticam o que há de vir sobre ti. Eis que são como restolho; o logo os queimará; não poderão livrar-se do poder das chamas; pois não é um braseiro com que se aquentar, nem fogo para se sentar junto dele. Assim serão para contigo aqueles com quem te hás fatigado, os que tiveram negócios contigo desde a tua mocidade; andarão vagueando, cada um pelo seu caminho; não haverá quem te salve.” Isaías 47:13-15 “


A Bíblia é muito clara quando condena o ato daqueles que consultam astrólogos ou usam a astrologia para receber direção para as suas vidas. A Palavra de Deus diz que só Ele é que sabe o futuro, por o profeta Isaías 8:19  ensina “Quando vos disserem: Consultai os que têm espíritos familiares e os feiticeiros, que chilreiam e murmuram, respondei: Acaso não consultará um povo a seu Deus? acaso a favor dos vivos consultará os mortos?” Essas práticas que parecem inofensivas vão contra a orientação de Deus e constituem rebeldia, pois todas elas envolvem o pecado da adivinhação, ou seja, todas elas buscam prever acontecimentos futuros na vida das pessoas. E isso é contrário à Palavra de Deus, conforme lemos em vários textos bíblicos. A Bíblia condena claramente a astrologia e os horóscopos e nos ensina que esse caminho é um caminho de perdição que  nos afasta do Deus vivo, maior do que que qualquer ser que é incapaz de resolver seu destino, quanto mais de prever ou resolver os problemas dos outros.
"Você se cansou de seus numerosos conselheiros: que se apresentem, então, e a salvem os astrólogos que observam as estrelas e a cada mês fazem prognósticos do que vai acontecer a você. Veja! Eles são como palha: o fogo os consome, e nenhum deles consegue livrar-se das chamas, pois não são brasas para aquecer, nem fogo para a gente sentar-se junto dele" (Isaías 47:13-14).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!