Traduza este blog

sábado, 28 de março de 2015

“Mas o Conselheiro, o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, lhes ensinará todas as coisas e lhes fará lembrar tudo o que eu lhes disse.” (João 14:26)


Mesmo que Deus nos fale em todo momento, mostrando-nos o caminho, nem sempre paramos para ouvi-Lo.  Temos uma tendência a acreditar que aquilo que queremos ouvir é a voz de Deus e quando ouvimos de um profeta do Senhor uma exortação ou uma direção contrária ao que desejamos nossa reação é a de rebeldia, de achar que ele não representa o Senhor, mas fala por si, ou porque tem algo contra nós. Não é fácil aceitar a voz de Deus como nosso lema e direcionamento, mais fácil é dar ouvidos à própria carne, aos sentimentos e às vontades egoístas que temos. João nos mostra que a voz do Senhor está presente em nossas vidas assim como a voz de um pastor de ovelhas. As ovelhas seguem o pastor pela sua voz e têm nele segurança, a certeza de chegar a algum lugar para receberem descanso e alimento. As ovelhas não dão ouvidos à outras vozes senão a de seu pastor. Jesus é o bom pastor que deu a vida pelas suas ovelhas. E Deus colocou sobre nós líderes a nos pastorear, a nos indicar um caminho seguro a seguir. Para isso, precisamos ter ouvidos para ouvir, por isso, Jesus Cristo repetia essas palavras mais vezes do que a própria mensagem da salvação:

Quem tem ouvidos para ouvir, ouça. Marcos 4:9

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Agradecemos o seu comentário!